Um blog do Travellerspoint

La Ciudad Vieja

sunny 25 °C

Faltando apenas um dia e meio para irmos embora de Montevideo fomos visitar a Ciudad Vieja - a parte mais antiga da cidade - e também alguns museus e a Plaza Independencia.
A Plaza independencia é a praça mais importante da cidade onde de um lado tem-se o começo da 18 de Julio e do outro o portao da cidade. Há ainda o Memorial José Artigas que fica embaixo da praça. No memorial há os restos mortais deste que é um herói Uruguaio e sua vida contada pelas paredes...muito bonito e meio bucólico.
Os museus que visitamos possuíam arquivos riquíssimos!
O meu favorito foi o museu da decoraçao...uma casa antiga enorme transformada em museu. Cada comodo da casa era rico em detalhes, moveis antigos, peças de arte, tapeçaria etc...fotos eram proibidas, mas dei um jeito de tirar algumas rsrsr.
Descemos a Ciudad Vieja em direçao ao porto para ir ao Mercado del Puerto e lá almoçar. Como sempre eu e Kalinka tiramos fotos de tudo o que é predio que víamos...uma coisa que achamos diferente foi o modo como os predios sao colados uns nos outros aqui, até nas partes mais modernas da cidade como na rambla. Todos sao grudadinhos e em todos se ve o nome do arquiteto que os projetou.
Chegando ao mercado procuramos um restaurante, mas antes tiramos muitas fotos. Pedimos o churrasco regional chamado Parrillada ' e nem queremos saber o que tinha dentro até terminarmos de comer rsrsrsr. Depois descobrimos que comemos de coisas normais como costelas e linguiça a linguiças doces (eca eca eca), glandulas de carneiro (nao tao ruim,mas gorduroso e estranho) e intestinos de carneiro recheados )o recheio é natural minha gente!! me diga o que há dentro de um intestino...eca). Foi estranho, mas tinha muita coisa gostosa e quando em Roma faça como os romanos!
De lá fomos comprar nossas passagens de ferryboat para Buenos Aires. A empresa mais famosa aqui se chama Buquebus e tem vários preços de passagem dependendo da velocidade do barco e de onde o mesmo sai para a Argentina.
Ao voltar pro hostel ainda ficamos um pouco no terraço conversando com nossos novos amigos e tomando umas cervejas...mas o frio estava de matar. E eu amo isso!
Minha voz está cada vez mais fraca por causa deste tempo louco, mas está tudo bem...só acho que meu rosto vai despelar e vai despelar feio.
Amanha faremos um passeio mais light, pegaremos onibus e jantaremos com a gerente do hostel...que virou nossa amiga...um jantar de despedida...ou de até logo.

Publicado por alyssonmcz 14:33 Arquivado em Uruguai Tagged montevideo Comentários (0)

Domingo é dia de feira

novas facetas de Montevideo

sunny 24 °C

Estamos acordando muito tarde...culpa dos dias mais longos que temos, já que o por do sol é por volta das 9. É claro que isso é ótimo pois aproveitamos mais da noite. Mas que isso acabacom o nosso relógio biológico nao tenha duvidas.
Soubemos que domingo é dia de uma feira muito famosa na cidade- Feria de Tristan Navaja. Como é relativamente perto do hostel e passaríamos por vários pontos turísticos na 18 de Julio, resolvemos andar....mais uma vez.
A beleza arquitetonica desta cidade é algo que vai sempre me deixar boqueaberto....eu e Kalinka paramos literalmente a cada 3 passos para tirar fotos de prédios públicos, casas, edifícios comerciais etc. As praças sao outro show, e junto com o vento frio isso se tornam agradabilíssimas.
Chegamos a feira no horário de pico, é um formigueiro! Nada como a 25 de Março em Sampa, estaria mais para uma feira do passarinho em Maceió. Voce encontra de tudo nessa feira - animais de estimaçao e exóticos (cobras, aranhas etc ), roupas e lingeries, produtos alimentícios e de limpeza, artesanato, antiguidades, souvenirs, quadros, esculturas.....
É algo completamente surreal - de um lado se ve sabao em pó juntinho de catchup e maionese, que por sua vez está junto a cuecas Carlos Kleves (iniciais CK como as da Calvin Klein rsrsr).
Ali também tivemos contato com a primeira demonstraçao de insegurança de Montevideo...nao presenciamos, mas vimos um senhor Uruguayo gritando pela polícia por que havia sido roubado. Roubos e furtos aqui sao muito comuns mas vindos de crianças que moram na rua e nao de homens armados com canivetes por exemplo.
Depois de visitar a feira, que tem por volta de 9 quadras de extensao, resolvemos comer em um dos restaurantes que vimos no caminho e nos deparamos com outra realidade - atendimento péssimo, lento, desleixado. Nos sentamos a mesa e esperamos 10 min até que um garçon nos desse um menu e nunca mais aparecesse....nos levantamos e fomos ao McDonalds mais próximo. Conversando com o pessoal do Hostel descobrimos que isso é muito comum tanto aqui quanto em Buenos Aires, Maceió ganha nisso.
A noite resolvemos assistir a duas Murgas - Espetáculos comicos com musica e dança (estilo musical mesmo) que critica a sociedade e que sempre acontece antes do carnaval daqui. Carnaval esse que é cópia fidedigna do que vemos no Rio de Janeiro...até escola de samba nos vimos.
As Murgas foram interpretadas por adolescentes e ficamos extremamente surpresos com a qualidade da coisa, mesmo nao entendendo patavinas do que falavam.
A comunicaçao aqui tem sido feita grande parte em ingles, por que nao é tao fácil como pensam os brasileiros.
Depois das Murgas viemos andando pela Rambla (orla do rio prata lembra) e pegamos muito frio, 16º com muito vento. Minha voz já tá sumindo por causa disto e acabei comprando um casaco pois nao esperava passar frio aqui no verao.
Temos ainda 2 dias e meio para visitar Montevideo, mas já estamos com um pouco de saudade daqui rsrsrsr. E também das pessoas maravilhosas que conhecemos e que começam a ir embora.
Uma das melhores coisas deste começo de viagem foram estas amizades.

Publicado por alyssonmcz 4:11 Arquivado em Uruguai Tagged montevideo Comentários (1)

Montevideo

As primeiras impressoes ficam

sunny 25 °C

Já ao sair do Aeroporto Internacional de Carrasco comecamos a gostar de Montevideo. Carrasco é um bairro de calsse média-alta muito calmo e afastado do centro da cidade com casas em estilo colonial ou moderno, predios de apartamentos enormes com no maximo 3 andares e ruas muito amplas.
Apesar da temperatura ser normal para nós (27º) a sensacao térmica é de bem menos....há sempre uma brisa fria ou um vento frio. Outra coisa que faz da cidade um lugar muito bom de se andar é a relativa limpeza das ruas e a arborizaçao. Ainda nao descobrimos qual a árvore que usam em praticamente todas as ruas de Montevideo mas é muito alta e frondosa, incrível como nao quebram as vias publicas como a terrível ficus que usam tanto em Maceió.
O hostel em que estamos hospedados chama-se Planet Montevideo e fica localizado perto do Centro da cidade na rua Canelones 1095. O táxi do aeroporto até o hostel é caro, 900 pesos (90 reais mais ou menos)...este deve ser o preço de se andar de Mercedes nesta cidade. O motorista nos deu um tour pela RAMBLA - a orla de Montevideo. Orla essa que nao é de mar e sim do Rio Prata mas de tao imenso confunde com o mar fácil fácil.
O pessoal hospedado no mesmo hostel é em sua maioria jovem e animado...todos querendo manter o baixo custo da viajem, entao se tem sempre festinhas e comidas na porta do hostel onde é muito fresco. Já fizemos amizade com um grupo de brasileiros (PR) e uns amigos argentinos. Todos no hostel e na cidade sao extremamente simpaticos e dao dicas dos locais a se visitar onde comer etc.
Hoje pela manha decidimos ir junto com nossos amigos argentinos - Augustin, Matias e Ramiro - até a praia de Pocitos, muito famosa aqui. Caminhamos no sol de 25º das 11 da manha até as 4 da tarde. O clima engana aqui, estamos todos queimados!! Tem muito sol mas é frio.
A cidade é pior do que Maceió em feriados...nao há uma alma viva nas ruas e tudo, TUDO é fechado hoje. Nem restaurante abre...comemos por que encontramos uma família de Aracaju que nos falou ter encontrado um mercado aberto depois de muito andar. Fiquei preocupado com eles pois tinham um bebe de pouco mais de 6 meses que nao havia comido o dia todo por que nao haviam encontrado nenhum lugar aberto que vendesse Mucilon ou algo que o valha.
Agora, quase 8 da noite, está claro ainda (ai meu relógio biológico) e só deve escurecer depois das 9.
Mais tarde tentarei postar algumas fotos aqui no blog.
Estamos muito animados e esse foi apenas o primeiro dia!!
No twitter eu e Arthur sempre postamos fotos e comentarios da cidade...acompanhem!
Abracos

P.S. já achei o acento agudo e a cedilha....antes do fim da viagem consigo descobriro restante rsrsrsrsrsr
Abraços

Publicado por alyssonmcz 14:03 Arquivado em Uruguai Tagged montevideo Comentários (2)

A chegada Triunfal

sunny

Finalmente o dia chegou! Os ultimos momentos antes de entrar no aviao sao cheios de ansiedade. Fui o ultimo a chegar ao aeroporto em Maceio, ja que todos os sinais pareciam estar fechados para mim na ida.
Nosso primeiro voo (Maceio-Salvador) saiu na hora e comecamos a nos animar com a ideia de conseguir chegar em Montevideo ainda em 2010. Em Salvador foram apenas alguns minutos antes da troca de aviao e estavamos no ar numa pontualidade britanica.
Dai comecaram a acontecer as resenhas da viagem, dos meus enjoos toda vez que o aviao pousa ou decola (que a Kalinka chama de frescura rsrsrsr) ao ingles sofrivel dos funcionarios da TAM (serio cara! Quem ensina ingles a esse povo?? Ate inventar palavra como DESEMBARK eles inventaram).
Chegamos em Sampa na hora prevista e com uma janela de aproximadamente 1h30min ate o nosso proximo voo. Resolvemos comer na Pizza Hut que, por sinal, fica do outro lado do aeroporto de Guarulhos...mas tudo bem tinhamos tempo! Comemos a tal pizza de mussarela e pepperoni de uma espessura de 4 dedos o.0!!
Fomos ao nosso portao de embarque e passamos pela Policia Federal rapidinho e paramos num Free Shop...mas tudo bem, ainda tinhamos 30 min.
Faltando apenas 10 min pro voo resolvemos ir ao portao 8 que nos designaram e, para nossa surpresa, estava VAZIO! Achamos que haveria algum atraso do aviao entao sentamos e esperamos. Ate o momento em que Kalinka e Arthur, desconfiados, perguntam sobre o nosso voo a um casal que estava esperando tambem...e eles nos informam que ja haviam chamado os passageiros e embarcado!! Saimos correndo pelo embarque a procura de alguem da TAM e, felizmente, Kalinka para um cara que estava justamente a nossa procura. O aviao estava preparadinho pra decolar e so nos 3 ainda nao estavamos na aeronave. O que aconteceu foi que mudaram o portao de embarque de ultima hora e nao ouvimos por que estavamos no Free Shop.
Fomos levados de van ate o aviao e tivemos que entrar caladinhos de cabeca baixa com vergonha por ter atrasado o voo. rsrsrsrsr
Depois de alguns minutos de voo a grande surpresa...eles serviram jantar!! Depois da pizza comemos um ravioli horrivel: nunca pessam a massa do aviao!!!
Chegamos em Montevideo faltando 25min pra meia noite e a imigracao foi super rapida. Mas passamos a virada na porta do aeroporto por que esperavamos a casa de cambio abrir.
Mas foi tudo muito legal....comecamos com emocao!!
Depois falo da cidade de Montevideo (LINDA) e da galera que ja conhecemos.

P.S.: A falta de acentos e cedilhas nao eh culpa das novas normas de escrita e sim por q estou num computador que nao entende nosso acentos, HAHAY! Depois tento postar do netbook que trouxemos e tento nao matar minha mae de vergonha com um portugues sem acentos.

Publicado por alyssonmcz 6:23 Arquivado em Uruguai Tagged montevideo Comentários (2)

A preparação

Pesquisas, dúvidas e ansiedade.... as felicidades e desventuras da viajem de mochila.

Passagens compradas, dias contados, expectativas por todos os lados. É mais ou menos isso que se deve sentir nos dias anteriores a uma viagem, principalmente quando 3 amigos resolvem conhecer 3 países e tentando manter os custos bem baixos com uma mochila nas costas.
Passaremos 25 dias em uma viagem pelo sul do nosso continente, visitando as capitais e o que mais conseguirmos no Uruguai, Argentina e Chile.
As certezas são poucas, já os questionamentos......
Tudo começa no lugar que iremos nos hospedar. Sabemos que uma ótima saída de baixo custo são os albergues (ou hostels), nos 3 países existem vários destes com os preços mais convidativos, mas em qual deles ficar? Qual o mais animado, seguro, bem cotado e barato?. A alimentação e o transporte são uma outra preocupação constante já que ambos ajudam a inflar a planilha de custos, pegaremos táxi, ônibus ou metro? Será que é melhor ir a pé? Vou agüentar viver de miojo?
A certeza que temos é que será uma viagem inesquecível e emocionante... que criaremos laços mais fortes em nossas amizades, que nos meteremos em algumas encrencas, que nos divertiremos até não poder mais, enfim, teremos crescido ao final da jornada.
Aos poucos esse blog vai ser construído com a contribuição de cada um e com nossos diferentes pontos de vista.
Então até logo,

Álysson

Publicado por alyssonmcz 17:12 Arquivado em Brasil Tagged pré-viagem Comentários (1)

(Textos 21 - 25 de 25) « Página 1 2 3 4 [5]